Batgirl já estava alegadamente terminado e foi um projeto avaliado em cerca de 90 milhões dólares.

Após um adiamento para 2023, Leslie Grace estava prestes a fazer a sua estreia enquanto Batgirl, mas, de acordo com a notícia inicialmente avançada pelo New York Post, a Warner Bros. Discovery teve outros planos para o filme baseado na personagem da DC Comics.

A Discovery, que recentemente concluiu a sua aquisição da Warner Bros., optou por cancelar o lançamento de Batgirl e de Scoob!: Holiday Haunt, filmes que já estavam completos e apenas à espera de serem lançados na HBO Max. Agora, numa decisão histórica em Hollywood, o estúdio resolveu arquivar dois filmes já terminados e com grandes prejuízos, como é o caso de Batgirl, que estava avaliado em cerca de 90 milhões dólares.

Batgirl, que contava com Leslie Grace no papel principal, ao lado de J.K. Simmons, Michael Keaton (que voltaria ao papel de Batman) e Brendan Fraser, e realizado por Adil El Arbi e Bilall Fallah (dois dos responsáveis pelo sucesso de Ms. Marvel), foi originalmente planeado para um lançamento na HBO Max. Contudo, em abril, surgiu a informação de que era considerada uma aposta para os cinemas, ideia que rapidamente desapareceu da esfera da Warner Bros. após a compra pela Discovery. Já no painel da DC na San Diego Comic Con não houve qualquer menção à produção, algo que suscitou as preocupações da indústria e dos fãs.

Quanto a Scoob!: Holiday Haunt, foi realizado por Bill Haller e Michael Kurinsky, e contaria as aventuras de Scooby Doo durante o seu primeiro Natal na companhia de Shaggy e do seu grupo de amigos.

Deve ser reforçado que ainda não há qualquer confirmação oficial por parte da Warner Bros. Discovery, da HBO Max ou da DC Comics em relação aos cancelamentos dos filmes.